ARTIGOS

Bolsonaro sempre quis pegar o vírus

por Paulo Ferrareze Filho

Bolsonaro sempre quis pegar o vírus. Sentindo a água no queixo com as investigações das rachadinhas e do superfaturamento de reembolsos, durante os 28 anos em que mamou dos contribuintes e treinou seus filhotes-de-besta, resta a Bolsonaro virar o herói definitivo e divino do exército de zumbis que ainda o apoiam.

Bolsonaro sempre quis pegar o vírus. Essa é a estratégia para que, na sua cabeça infantil e perversa, ele possa decretar sua própria vitória pessoal, mesmo ante o terrível fracasso público do Brasil no combate da pandemia. Quer ser o soldado invencível da sua guerrinha personalíssima contra o coronavírus. Quer ser declarado, pelo seus próprios demônios, como o macho alfa da tribo dos paraquedistas fodões que viraram presidente, cujo corpo atlético(?) é imune a tudo e a todos. Um verdadeiro misto de Rambo, político e miliciano, da pós-modernidade.

Bolsonaro sempre quis pegar o vírus. E, ao querer, Bolsonaro é um menino que rala o dorso da mão no banheiro pra demonstrar valentia e hombridade aos amigos, mentindo que brigou e bateu em um menino maior que, de fato, não existe. Esse inimigo imaginário vencido pelo delírio de Bolsonaro, tão vilão quanto bode expiatório, confirma, para o rebanho fiel de antas, que ele, além de mito, é também ungido por Deus.

Bolsonaro sempre quis pegar o vírus. Lembro que na época da eleição, um pastor evangélico me enviou um vídeo de Bolsonaro se batizando numa dessas milhares de igrejinhas evangélicas, com o famoso rito do mergulho. A impressão que tive é que o vídeo, por si só, bastava como prova da benignidade de Bolsonaro. A aderência religiosa bastava. E é exatamente essa a característica clássica e nefasta da mistura entre fé e política. Na política, diferente da fé, são necessários argumentos, fundamentos, lógicas, explicações de sentido. Na política poucas verdades estão dadas, enquanto na religião todas as verdades estão dadas. É porque se alimenta da crença cega dos que acreditam que ele é mitológico que Bolsonaro sempre quis não só pegar, mas especialmente vencer o vírus.

Bolsonaro sempre quis pegar o vírus para poder justificar que era só uma gripezinha. E que ela pode ser resolvida com reza e cloroquina que, todos nós, sem aval da ciência balburdienta, estocamos e pagamos como os contribuintes trouxas que sempre fomos.

Bolsonaro sempre quis pegar o vírus. É o que resta ao nosso monarca com idade mental de 6 anos, depois do batalhão de mortos que estamos enterrando, campeões disparados e disparatados na América do Sul e no mundo.

Bolsonaro sempre quis pegar e superar o vírus, ou morrer heroicamente com ele, como um Getúlio invertido, porque esse é o único jeito de permanecer escondido e fantasmagórico atrás do véu mitológico que as antas jogaram na sua cabeça, como um pala velho tapado de pó e sem furo pra enfiar a cabeça.

Bolsonaro sempre quis pegar o vírus. Só assim poderá ser divinizado, transcendentalizado, mitologizado e mantido no posto de pastor do grande rebanho de antas que ainda remanescem. Bolsonaro precisa do vírus porque não tem como explicar que não siplesmente não consegue governar o país e que é inapto da cabeça aos pés. Porque a gente sabia que a ideia de escolher um bom time não poderia se realizar com um líder incapaz e psicopático. A gente sabia que um idiota autoritário não conseguiria formar e muito menos manter um time bom. Milhares de empresários achavam que funcionaria na gestão do país aquilo que sabem que não funciona em suas empresas: líderes incapazes não conseguem gerenciar equipes de trabalho boas e eficientes.

Bolsonaro sempre quis pegar o vírus. Depois de tanto expor a si mesmo e aos outros que, no fundo, ele espera que simplesmente se fodam, parece que finalmente conseguiu. Bolsonaro está com o coronavírus. Eu espero que dessa vez o acaso derrame sua benção sobre nosso pobre e doente Brasil. Amém.

PAULO FERRAREZE FILHO é professor de psicologia jurídica e psicanalista em formação

Categorias:ARTIGOS

Marcado como:

1 resposta »

  1. Olha, gente, o pessoal tá se superando mesmo; estão apelando adoidados; a cada dia as idiotices que leio e escuto contr o Presidente Bolsobaro vão se superando! … Querem continuar mamando?! As tetas do Governo Federal secaram!!! Acreditem, se conformem, com isso!!! … kkkkkkk

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.